História do bairro de Campo Belo 

O nascimento do bairro de Campo Belo, assim como a maioria dos bairros vizinhos (Brooklin, Moema, etc.) está intimamente ligado à linha de bonde que ligava o então município de Santo Amaro à cidade de São Paulo: saía da Sé e seguia pela Liberdade, Vergueiro e Domingos de Morais, descia a Av. Rodrigues Alves e ia até Santo Amaro em linha reta pelas avenidas Ibirapuera, Vereador José Diniz e Adolfo Pinheiro. Ao longo de seu trajeto, chácaras e sítios foram loteados e a região sofre rápida urbanização, dando origem a vários bairros. (Leia a história completa da ferrovia e do bonde).

O Campo Belo, particularmente, nasceu da presença de imigrantes alemães na região. Em 1930 foi fundado o Grêmio Escolar Teuto-Brasileiro, na que hoje é a Rua Jesuíno Maciel. Dois anos mais tarde, o religioso (pastor) alemão Heinrich Stremme utilizaria o local para dar nascimento à Escola Alemã, necessária devido à grande presença de integrantes desta comunidade nas redondezas.

Durante a Segunda Guerra Mundial a escola foi fechada -como tantas outras instituições alemãs- e a construção ficou abandonada.

Em 1951, a entidade foi novamente reativada pelo pastor Francisco Bauer, passando-se a chamar Associação Cultural e Recreativa de Campo Belo. Lentamente, a nova Associação afastou-se do ensino religioso dedicando-se a outras atividades culturais e de lazer. A instalação no bairro de famílias de origem portuguesa, espanhola italiana influencia os rumos da Associação, cuja sede atual encontra-se na Rua Cristóvão Pereira, 1531.

[ Avise um amigo ] sobre este assunto

[ Imprima ] esta notícia.

Portal Sampa Online (http://www.sampaonline.com.br): o maior e melhor portal dos bairros da Zona Sul de São Paulo